segunda-feira, 29 de outubro de 2012

10 Lecciones del anciano para la juventud

1. En la vida siempre se van a tener altibajos. Puedes estar en la lona pero nunca debes perder el coraje.
2. Uno vive por lo que ama.
3. Los excesos que cometas ahora, siempre los pagarás en el futuro.
4. Si lo intentas con fuerza puedes conseguir cualquier cosa.
5. Hay que sentir compasión por el prójimo.
6. El paraíso está en todas partes, descúbrelo por ti mismo.
7. Yo he conocido muchas mujeres, tantas como los cabellos que he perdido. Sigue mi consejo: aléjate de las manipuladoras. Si amas a una chica buena, vete y llévatela contigo.
8. Practica el don de saber escuchar a los demás.
9. Quejarse no conduce a nada.
10. Recuerda joven: No debes faltarle el respeto a nadie, porque no puedes saber quién es realmente o bajo que estrella nació. ¿Quién sabe si no ha nacido para trabajar por nosotros o por el mundo? 


 Película 
“Los Bajos Fondos”, dirigida por Akira Kurosawa

sexta-feira, 24 de agosto de 2012

Namastê!

"The thought manifests the word;
The word manifests the deed;
The deed develops into habit;
And habit hardens into character;
So watch the thought and its ways with care,
And let them spring forth from love
Born out of compassion for all beings.
As the shadow follows the body, as we think, so we become."
— Juan Mascaro

sexta-feira, 13 de julho de 2012

Miracle



“If we could see the miracle of a single flower, our whole lives would change.” 









Siddhārtha Gautama

domingo, 20 de maio de 2012

Apenas duas palavras

Havia um certo Monastério Soto Zen que era muito rígido. Seguindo um estrito voto de silêncio, a ninguém era permitido falar. Mas havia uma pequena exceção a esta regra: acada 10 anos os monges tinham permissão de falar apenas duas palavras.

Após passar seus primeiros dez anos no Monastério, um jovem monge foi permitido ir ao monge Superior."Passaram -se dez anos," disse o monge Superior. "Quais são as duas palavras que você gostaria de dizer?""Cama dura..." disse o jovem. "Entendo..." replicou o monge Superior.

Dez anos depois, o monge retornou à sala do monge Superior."Passaram -se mais dez anos," disse o Superior. "Quais são as duas palavras que você gostaria de dizer?""Comida r uim..." disse o monge. "Entendo..." replicou o Superior.

Mais dez anos se foram e o monge uma vez mais encontrou-se com o seu Superior, que perguntou: "Quais são as duas palavras que você gostaria de dizer, após mais estes dez anos?" "Eu desisto!" disse o monge. "Bem, eu entendo o porquê," replicou, cáustico, o monge Superior. "Tudo o que você sempre fez foi reclamar!"

quinta-feira, 10 de maio de 2012

Einstein

“Um ser humano é parte de um todo chamado por nós de “Universo”, é uma parte limitada no tempo e no espaço. Ele experiencia a si mesmo, seus pensamentos e sentimentos, como alguma coisa separada do resto ─ uma espécie de ilusão de ótica de sua consciência. Essa ilusão é uma forma de prisão para nós, restringindo-nos aos nossos desejos pessoais e à afeição por umas poucas pessoas próximas. Nossa tarefa deve ser a de nos libertarmos dessa prisão alargando nossos círculos de compaixão para envolver todas as criaturas vivas e o todo da natureza em sua beleza.”
Albert Einstein, “Ideas and Opinions” , 1954, 

segunda-feira, 7 de maio de 2012

“Dinheiro é ilusão”



 Desde 2000, quando abandonou os últimos 30 dólares que tinha na carteira, o norte-americano Daniel Suelo vive em uma região inóspita de Moab, Utah (EUA). Em 2009, Mark Sundeen, que conhecia Daniel antes de ele desistir completamente do dinheiro, começou a escrever a história desse ermitão, que recentemente virou o livro The Man Who Quit Money (US$ 10; amazon.com). 

À semelhança do poeta, filósofo e naturalista norte-americano Henry Thoreau (1817-1862), autor do grande ensaio Desobediência Civil, Daniel vive completamente fora do sistema: mora numa caverna e se alimenta de comida que seria desperdiçada ou que é doada. Ele não aceita a ideia da soberania econômica sobre nossas vidas e, dessa forma, se tornou uma prova concreta de que não é preciso um centavo para sobreviver. “Em qualquer lugar onde eu esteja, me sinto em casa”, diz. “Minha filosofia é usar apenas o que é dado ou descartado.” Daniel, que tem um blog e o atualiza sempre que possível, não acredita que o dinheiro seja um mal, mas uma ilusão
Fonte: Go Outside

sexta-feira, 27 de abril de 2012

Isso é o karma


Nossas ações viram causas e, dessas causas, naturalmente, vêm resultados. Tudo que é colocado em movimento produz um movimento correspondente. Se você joga uma pedra em uma lagoa, formam-se ondulações em círculos, batem na margem e voltam. O mesmo se passa com o movimento dos pensamentos. Quando os resultados desses pensamentos retornam, sentimo-nos vítimas indefesas: “Estávamos inocentemente vivendo nossa vida… por que todas essas coisas estão acontecendo conosco?” O que acontece é que as ondulações estão voltando para o centro. Isso é o carma.

quinta-feira, 19 de abril de 2012

SIMPLICIDADE


“Você é o anjo guardião da simplicidade. Hoje, sua tarefa especial é a de colorir os seus sentimentos e pensamentos com facilidade e leveza. 


Simplicidade significa ir ao encontro de respostas e ajustar-se de forma sábia aos diferentes tipos de personalidade.”

Fonte: O Anjo Guardião, Brahma Kumaris, Lisboa

sábado, 7 de abril de 2012

Feliz Páscoa!!!

Feliz Páscoa!!!
(GoreteSalvador)

Toda manhã o Sol renasce pra te aquecer...
Faça como ele...

Toda manhã renasça para olhar o seu filho pequenino...
Todo dia renasça pra vê-lo crescer...
Todo dia renasça pra orientá-lo mesmo que ele já esteja
Crescidinho...

Todos os dias renascemos para a vida...
Para um novo amor...
Com um olhar “novo” para o desconhecido...

À noite a lua renasce passa por fases,
Cheia, minguante, nova crescente isso é Vida!!!


Por toda a nossa vida somos como a lua
Passamos por fases mas todos os dias
Renascemos para ser feliz...
Para brilhar como o Sol e se transformar como a Lua...

Isso é PÁSCOAL...

segunda-feira, 2 de abril de 2012

Solução

                                               
  
“Sabemos que no nosso mundo muitas coisas não funcionam como deveriam. Mas nunca olhe para o que não está funcionando. Quando olho para o que não funciona perco energia. Quando abordo cada situação com a atitude de Como posso ajudar a fazer isso funcionar?, eu encontrarei soluções e outros serão atraídos a juntar-se nisso. “

 Brahma Kumaris, Canadá

segunda-feira, 19 de março de 2012

Viver intensamente

“Viver intensamente” tornou-se o leitmotiv do homem moderno. Trata-se de uma hiperatividade compulsiva sem qualquer pausa, sem brecha de tempo não-agendado, por medo de se encontrar consigo mesmo. Pouco importa o significado da experiência, desde que ela seja intensa. Vêm daí o gosto e a fascinação pela violência, a exploração, a excitação máxima dos sentidos, os esportes radicais. É preciso descer as cataratas do Niágara dentro de um barril, só abrir o pára-quedas a alguns metros do solo, mergulhar a cem metros de profundidade em apnéia. É preciso arriscar a vida por aquilo que não vale a pena ser vivido, superar-se para ir a lugar nenhum. Então, liguemos a todo volume cinco rádios e dez televisores ao mesmo tempo, batamos a cabeça no muro e rolemos na graxa e no óleo diesel. Isso sim é viver plenamente!
Fonte:  Matthieu Ricard

sábado, 17 de março de 2012

segunda-feira, 12 de março de 2012

Sorriso

"Um sorriso enriquece quem recebe sem tornar pobre quem doa. Um sorriso acontece em um segundo, mas a lembrança dele dura para sempre. Um sorriso traz descanso à exaustão, ânimo à falta de coragem. É o melhor antídoto para os problemas. No entanto, as pessoas estão muito cansadas para dar um sorriso a você. Mesmo assim dê a elas o seu, porque ninguém precisa tanto de um sorriso como aqueles que não têm mais para dar."

Fonte: Brahma Kumaris

quinta-feira, 8 de março de 2012

     "Qual é a dificuldade em ser mulher quando a mente está concentrada e a compreensão é clara e brilhante?". Essa frase é de Soma, uma das discípulas de Buda.
      No princípio, Xaquiamuni Buda se recusou a atender o pedido de Mahaprajapati e das 500 mulheres que a seguiam. Ele dizia que as mulheres não poderiam abandonar suas famílias para seguir a vida de mendicantes, como os monges faziam. Elas não desistiram. Cansadas, sujas, maltrapilhas, com os pés sangrando, elas o seguiram e imploraram para serem aceitas. Finalmente, Ananda, assistente de Buda, intercedeu por elas.
      - Senhor, se todos os seres pedem obter o mesmo estado de Buda, por que não ordenar as mulheres?
      Xaquiamuni Buda cedeu. Afinal, Mahaprajapati era sua tia, irmã de sua falecida mãe. Ela o criara como filho. Não tomou a decisão só por essa intimidade, mas pela coerência de seu próprio ensinamento: "Todos os seres, sem exceção, são capazes de obter a mais elevada iluminação, a sabedoria e a compaixão superiores. Basta que pratiquem o caminho de Buda".
      Assim, desde o início do budismo, as mulheres puderam entrar na ordem monástica. Embora houvesse algumas regras especiais, hoje consideradas decorrentes da posição das mulheres nas sociedades antigas, elas foram respeitadas como verdadeiras praticantes do caminho. Isso aconteceu na Índia, há cerca de 2.600 anos.
      Atualmente, as monjas, no Japão, podem realizar casamentos, enterros e ordenações, da mesma maneira que os homens. Há, entretanto, algumas ordens em países do sul da Ásia nas quais a posição das mulheres ainda não é de igualdade.
      Somos todos diferentes, com certeza. Homens e mulheres. Homens e homens. Mulheres e mulheres. Crianças, adolescentes e idosos. Homossexuais, heterossexuais e bissexuais. Não há duas impressões digitais iguais. Não há dois seres iguais. Mas todos devem ser igualmente respeitados como manifestações da vida no universo.
      O legado das primeiras mulheres budistas é o de que qualquer pessoa pode e deve ser a sua própria luz. Isso significa questionar todos os níveis de materialismo, consumismo e agressões violentas.
      Cada um de nós pode atingir a compreensão superior e brilhante, a verdade mais elevada. Podemos ser uma clara e límpida manifestação dessa verdade, mantendo a coerência em nossos atos, em nossas palavras e em nossos pensamentos. Essa compreensão nos leva ao "interser", à percepção da teia de relacionamentos de que é feita a própria vida, e, assim, leva-nos também a respeitar a vida em suas diversas formas.
      Podemos transformar o mundo. Não pela violência ou pelas guerras, mas por meio da não-violência ativa, do diálogo, da compreensão. Podemos transformar por meio do feminino em cada ser, do cuidado amoroso e terno.
      Também no budismo, a história das mulheres é fragmentada. Foi, como toda a história da humanidade, escrita e recontada por homens, sob um prisma de guerras e conquistas. Mesmo assim, podemos reconstituir a importância que muitas mulheres tiveram ao participarem de grandes transformações sociais, políticas e econômicas, sem violência.
      A história da humanidade não foi apenas de violência. Muito mais do que se escreveu foi vivido. Muitos conflitos foram resolvidos de forma diplomática. Assim é a história das mulheres. Quantas ficaram anônimas e esquecidas nos anais masculinos?
      O que se reverencia no budismo não é o gênero, masculino ou feminino, mas a mente iluminada, anterior às discriminações, capaz de incluir todos os seres na grande ternura da acolhida suprema.
 
 
 

Autor: 
Monja Coen
Fonte: 
Revista da Hora, 7 de março de 2004

terça-feira, 6 de março de 2012

Om


Om é formado por três letras: A - U - M. Entretanto, quando unimos a letra “A” com a letra “U”, em sânscrito, ambas se fundem na letra “O”. Por este motivo, escrevemos e entoamos OM, e não AUM.

De todos os mantras, Om é o mais importante. Um mantra é, literalmente, "aquilo que proteje a mente". Uma vez cantados e repetidos, a mente é disciplinada e, como consequência, obtemos uma capacidade de observá-la, compreendendo como ela funciona, o que a faz reagir e como podemos fazer para lidar melhor com ela.

Leia mais aqui

sexta-feira, 2 de março de 2012

Relacionamentos


“É apenas em nossos relacionamentos que podemos realmente conhecer a nós mesmos. Somos um espelho para o outro. O que damos aos outros - através de nossos pensamentos, sentimentos e atitudes - é o que damos a nós mesmos. Nossos relacionamentos são o verdadeiro exercício, a sala de aula, o laboratório de aprendizagem da nossa vida. Relacionamento não é simplesmente conviver com os outros, mas ter entendimento, construir, alimentar e cuidar. Cada interação traz uma lição. Quanto mais você conhecer a si mesmo no espelho de suas relações mais facilmente você será capaz de compreender os outros.”

Fonte: Brahma Kumaris

quinta-feira, 1 de março de 2012



"O fundamental é que somos  todos iguais por sermos humanos - pensando, sentindo e estando conscientes. Todos nós compartilhamos este planeta, e somos membros de uma única e grande família humana."
Dalai Lama 

quinta-feira, 16 de fevereiro de 2012

THE MAN WHO LIVED ON HIS BIKE

“Eu amo estar com minha bicicleta. Ela me ajuda a me sentir livre. Foi uma paixão que puxei do meu pai”, declarou Blanchet, que abre o vídeo falando que seu pai pedalou mais de 120 mil quilômetros.



THE MAN WHO LIVED ON HIS BIKE from Guillaume Blanchet on Vimeo.

terça-feira, 14 de fevereiro de 2012

Respirou, gerou karma.


O poderoso carvalho disse ao bambu: “Você é muito magrinho. Basta uma brisa para fazê-lo dobrar-se. Eu, pelo contrário, nem sinto o vento.” 
Certo dia, ocorreu um vendaval que derrubou o carvalho, mas não afetou o bambu, pois ele se dobrou e depois retornou à sua posição.


Leia a seguir um pequeno trecho da obra Karma e Dharma, do escritor DeRose:
“Se conhecermos os mecanismos que regem o dharma e o karma, teremos quase total domínio sobre a nossa vida e o nosso destino. Aliás, podemos definir karma como um destino maleável, que modificamos a cada minuto em virtude das nossas ações, palavras e pensamentos. Estamos o tempo todo a tecer nosso futuro imediato e distante.
Cada ação (karma=ação) protagonizada gera inexoravelmente uma reação, ainda que a ação inicial tenha sido apenas palavra ou pensamento. Então, devemos tomar muito cuidado com o que dizemos e com o que pensamos, não por uma razão meramente moral, mas por saber que não haverá como furtar-nos à responsabilidade das consequências.”
Fonte: Júlia Rodrigues  - Tudo Sobre o Método DeRose em Curitiba

domingo, 12 de fevereiro de 2012

terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

quinta-feira, 2 de fevereiro de 2012

Novo estudo descobriu que a atividade física ajuda na limpeza do corpo

Entre os inúmeros e já comprovados benefícios que a atividade física regular fornece ao corpo humano, aqui está mais um recentemente descoberto pela Ciência:
Um novo estudo publicado no mês passado na revista Nature e conduzido na Universidade do Texas Southwestern Medical Center, em Dallas descobriu que a atividade física regular aumenta a remoção de lixo do corpo.

Durante muito tempo os cientistas reconhecem que o desgaste diário de apenas viver é suficiente estresse sobre o corpo para esgotar e quebrar os componentes celulares.

Na maioria dos casos, as células diligentemente varrem essa sujeira. Elas reciclam esse lixo para utilizá-los como combustível, através de um processo conhecido como autofagia, isto é, as células criam membranas especializadas para engolir o lixo para dentro do citoplasma celular, levando-o a uma parte da célula conhecida como a lisossomo, onde o lixo é quebrado e depois queimado pelas células para produzir energia.

Sem este eficiente sistema, as células podem se tornar sufocados com lixo causando o mau funcionamento ou mesmo morrendo. Nos últimos anos, alguns cientistas começaram a suspeitar que os mecanismos defeituosos de autofagia contribuam para o desenvolvimento de uma gama de doenças, incluindo diabetes, distrofia muscular, Alzheimer e câncer. A desaceleração da autofagia com a chegada d a meia-idade também está sendo acreditado como um fator no envelhecimento.

Na autofagia, a célula elimina organelas velhas e se alimenta desse material que ela mesmo expeliu. Em outras palavras, é um processo de “reciclagem” das células, que permite que elas se adaptem às mudanças nas demandas energéticas e nutricionais do corpo

Vamos que vamos...

Pense Nisso



Mais informações sobre a campanha:
http://www.institutoninarosa.org.br/component/content/article/424

quarta-feira, 1 de fevereiro de 2012

Gran Fondo: New York

The second edition of Gran Fondo New York brings Italian cycling culture to the world's greatest city on May 20, 2012



Registration Information

terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Os “sem-tênis”

Os “sem-tênis” fazem parte da organização ativista Barefoot Impi. O grupo busca conscientizar as pessoas sobre a falta de cuidado do homem com a natureza sem manifestações ou protestos, mas com os pés no chão -- literalmente. Todo desafio ao ar livre tem como objetivo principal ajudar uma entidade social. O beneficiado da vez é o hospital infantil da Cruz Vermelha em Cape Town, na África do Sul.




Para mais informações, clique aqui e acesse o site oficial da organização ativista.

segunda-feira, 30 de janeiro de 2012

Iº Fórum Mundial da Bicicleta em Porto Alegre

O Fórum Mundial da Bicicleta é um evento voltado para se discutir a bicicleta em todos os seus aspectos: mobilidade urbana, integração comunitária, bem-estar pessoal e social, como esporte, questões economicas etc. Está sendo organizado tanto em painéis, com convidados especiais, quanto através de oficinas auto-geridas. Toda sua programação é gratuita.

Visite o site do Projeto

sábado, 21 de janeiro de 2012

Na Ilha por Vezes Habitada

Na ilha por vezes habitada do que somos, há noites, manhãs e madrugadas em que não precisamos de morrer.
Então sabemos tudo do que foi e será.
O mundo aparece explicado definitivamente e entra em nós uma grande serenidade, e dizem-se as palavras que a significam.
Levantamos um punhado de terra e apertamo-la nas mãos. Com doçura.
Aí se contém toda a verdade suportável: o contorno, vontade e os limites.
Podemos então dizer que somos livres, com a paz e o sorriso de quem se reconhece e viajou à roda do mundo infatigável, porque mordeu a alma até aos
ossos dela.
Libertemos devagar a terra onde acontecem milagres como a água, a pedra e a raiz.
Cada um de nós é por enquanto a vida.
Isso nos baste.


José Saramago

sexta-feira, 20 de janeiro de 2012

Carne artificial pode começar a ser produzida ainda em 2012

Segundo informações da revista científica Food Safety News, pesquisadores da Universidade de Maastricht, na Holanda, teriam descoberto uma maneira de criar carne artificial em laboratório. O alimento artificial, além de ser capaz de resolver o problema da fome no mundo, também diminuiria os impactos no meio ambiente por reduzir o sofrimento dos animais. Segundo Mark Post, líder do projeto, a expectativa é iniciar a produção ainda em 2012.

Criada a partir de células musculares, a carne artificial é parte de uma iniciativa financiada pelo governo holandês. O grupo de Post também recebeu uma doação anônima no valor de 300 mil euros e tem como grande desafio descobrir uma forma de produzir o produto para distribui-lo em grande escala e reduzir os custos de fabricação.

A Universidade de Maastricht, porém, não é o único local onde pesquisas sobre o assunto estão sendo realizadas. Mais de 30 equipes de pesquisadores de carne artificial estão espalhadas pelo mundo. Uma delas está localizada no Brasil e é liderada pelo cientista Vladimir Mironov. O grupo PETA, que luta pelos direitos dos animais, ainda oferece uma recompensa de US$ 1 milhão para o cientista que conseguir produzir carne de frango em laboratório até 2016.

Fonte:  Food Safety News

quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Salve a Internet


Sob essa nova lei, os EUA podem forçar os provedores de Internet a bloquearem qualquer website que seja suspeito de violar as leis de copyright e propriedade intelectual, ou que falhem em policiar suficientemente as atividades de seus usuários. E, por conta da maioria dos serviços de hospedagem de Internet estarem localizados nos EUA, essa lista negra poderia reprimir a web livre para todos nós. 


Thought Questions

If you would like to maximize the benefits of self reflection, our new sister site, Thought Questions, is for you.

Here’s a sample of 25 recent thought questions posted on the site:
1.
Thought Questions 1
2.
Thought Questions 2
3.
Thought Questions 3
4.
Thought Questions 4
5.
Thought Questions 5
6.
Thought Questions 6
7.
Thought Questions 7
8.
Thought Questions 8
9.
Thought Questions 9
10.
Thought Questions 10
11.
Thought Questions 11
12.
Thought Questions 12
13.
Thought Questions 13
14.
Thought Questions 14
15.
Thought Questions 15
16.
Thought Questions 16
17.
Thought Questions 17
18.
Thought Questions 18
19.
Thought Questions 19
20.
Thought Questions 20
21.
Thought Questions 21
22.
Thought Questions 22
23.
Thought Questions 23
24.
Thought Questions 24
25.
Thought Questions 25

Thought Questions is updated daily.  If you enjoyed the illustrated questions in this article, please visit the site for the latest content.  Or subscribe to Thought Questions here via RSS or email.

Remember, these questions have no right or wrong answers.  Because asking the right questions is the answer.

Sign by Danasoft - Get Your Free Sign

Sign by Danasoft - Get Your Free Sign