sexta-feira, 15 de abril de 2011

Ironman Brazil 2010: Transporte e Manutenção de Bike

Farol

“Hoje, procure criar um tempo para ficar em silêncio.  Imagine-se sentado em frente ao Ser Supremo de Luz. Diga a si mesmo, docemente: Sinto os raios de luz e felicidade descendo sobre mim......... me banho nessa luz dourada....... e uma corrente de força espiritual irradia de mim para todas as direções..... Sou um farol espiritual........... Sou um ponto de luz brilhante enviando raios de paz para o mundo todo........ Não há outro pensamento....... apenas a experiência consciente de estar absorto na paz e alegria suprassensorial do amor Divino......... Nesse estado completamente preenchido e satisfeito eu sirvo outros.”

quinta-feira, 14 de abril de 2011

Ironman Brazil: Cuidados com a bike um mês antes da prova

O Ironman é uma prova que pessoalmente representa muito como investimento financeiro, na dedicação aos treinamentos e no tempo investido... 

Como sabemos, o pedal é a etapa mais longa do IRONMAN, por isso a bicicleta deve estar em perfeitas condições para poupar o atleta e o próprio equipamento, ao mesmo tempo deve oferecer total desempenho e segurança. Para isso, recomenda-se fazer uma revisão TOP na bicicleta 1 (um) mês antes da prova.

Essa revisão deve consistir em desmontagem completa de todos os componentes da bicicleta, principalmente cubos das rodas,
movimento central e caixa de direção.

Os conduites e cabos devem ser trocados por novos e toda a relação e freios devem ser analisados para verificar possíveis fadigas ou desgastes.

Toda bike deve ser remontada com torquimetro com atenção
para o torque (aperto) sugerido pelo fabricante de cada componente e
todos componentes devem ser lubrificados com graxas e óleos para o uso em questão.

Os pneus e câmeras de ar devem ser inspecionados nessa revisão e em
todos outros treinos até a prova.

Após essa revisão recomenda-se uma  revisão simples antes de ir para a prova, cerca de 1 ou 2 semanas antes da mesma, apenas para garantir que os treinamentos após a  revisão TOP não danificaram a bike e seus componentes.

Importante:
Para os que vão de avião - como eu - fica o lembrete: Não é permitido embarcar com cilindros de CO2 em aviões.

Maya Pedal: Pedale para separar o milho (semente) da espiga!

Maya Pedal recycles used bicycles to build pedal-powered machines, or bicimáquinas, which support and help facilitate the work of small-scale, self-sustainable projects. Through this work Maya Pedal hopes to contribute to the conservation of the environment, the health of the Guatemalan people, and the productivity of the local economy. Produced by Maya Pedal.

terça-feira, 12 de abril de 2011

IronKids

No ultimo sabado foi dada a largada para o circuito IronKids National Triathlon Series, que anunciou 25 competições infanto-juvenis nos Estados Unidos em 2011.

Segundo informações, em algumas delas são esperadas cerca de 1.500 crianças e adolescentes. Este número é revelador de uma tendência, pois no ano passado foram realizadas apenas 12 provas do IronKids, ou seja, houve um aumento de mais de 100% no número de disputas, indicando uma crescimento do interesse pelo esporte entre os mais jovens, pelo menos lá fora.

O IronKids Series nos Estados Unidos tem como foco as crianças com idades entre 6 e 15 anos, com o objetivo de inspirar a motivar os mais jovens para a prática do Triathlon e, claro, um estilo de vida ativo e saudável. As provas nos EUA são precedidas de clínicas para ensinar a modalidade e até de uma Expo IronKids, tudo para aumentar o interesse da garotada.
E no Brasil, qual o apelo do triathlon naqueles que começam a descobrir a prática esportiva? Não há um circuito como o IronKids, embora existam competições e campeonatos em vários Estados.

Código Florestal em perigo

Veja no vídeo como as alterações propostas poderão reduzir drasticamente as áreas naturais protegidas de nosso país, prejudicando o meio ambiente e a sociedade civil.

Assine o manifesto  e diga não às alterações no Código Florestal Brasileiro.

segunda-feira, 11 de abril de 2011

JAPÃO



Por Monja Coen

Quando voltei ao Brasil, depois de residir doze anos no Japão,me incumbi da difícil missão de transmitir o que mais me impressionou do povo Japonês: kokoro.
Kokoro  ou Shin significa coração-mente-essência.

Como educar pessoas a ter sensibilidade suficiente para sair de si mesmas, de suas necessidades pessoais e se colocar à serviço e disposição do grupo, das outras pessoas, da natureza ilimitada?

Outra palavra é gaman: aguentar, suportar.  Educação para ser capaz  de suportar dificuldades e superá-las.

Assim, os eventos de 11 de março, no Nordeste japonês, surpreenderam o mundo  de duas maneiras.

A primeira pela violência do tsunami e dos vários terremotos, bem como dos perigos de radiação das usinas nucleares de Fukushima.

A segunda pela disciplina, ordem, dignidade, paciência, honra e respeito de todas as vítimas.

Filas de pessoas passando baldes cheios e vazios, de uma piscina para os banheiros.

Nos abrigos, a surpresa das repórteres norte americanas: ninguém queria tirar vantagem sobre ninguém.  Compartilhavam cobertas, alimentos, dores, saudades, preocupações, massagens. Cada qual se mantinha em sua área.  As crianças não faziam algazarra, não corriam e gritavam, mas se mantinham no espaço que a família havia reservado.

Não furaram as  filas para assistência médica – quantas pessoas necessitando de remédios perdidos  – mas esperaram sua vez também para receber água, usar o telefone, receber atenção médica,  alimentos, roupas e escalda pés singelos, com pouquíssima água.

Sign by Danasoft - Get Your Free Sign

Sign by Danasoft - Get Your Free Sign